20 de março de 2014

Categorias de criação

Existem diversas categorias de criação de moda que sistematizam o processo criativo dos estilistas. Para o sociólogo francês Alain Soral estas são retrô, sociô, etnô, adô e tecnô.


O RETRÔ
Consiste em criações feitas através de um retorno às criações de estilistas do passado, reproduzindo uma volta a tempo, assim como criações que possuem inspiração histórica. 


 Fernanda Yamamoto inverno 2014 - coleção inspirada nos anos 50 e nas artes plásticas / Just Cavalli - coleção inspirada nos anos 60 /  Dolce e Gabbana inverno 2013 - coleção inspirada no barroco

O ADÔ


Consiste na moda criada sob influências da cultura pop.


Dior - Inspirado na cultura pop norte-americana / Rodarte - inspirado na série Star Wars / Black Milk Clothing - Inspirado na série Game of Thrones

O ETNÔ

Consiste na presença de referências étnicas ou regionais no desenvolvimento da coleção.


Animale - Inspirado em Bali e suas belezas naturais / Animale - Inspirado na Escócia / Patricia Bonaldi - Inspirado na cultura e nas riquezas orientais

O SOCIÔ

Consiste na inspiração vinda de grupos e movimentos sociais provenientes da contra cultura ou de movimentos culturais como música, teatro e cinema.


Forum - Baseado na Bossa Nova / Mandi & Co - Baseado no movimento hippie / Versace - Inspirado no estilo gótico

O TECNÔ

Consiste na inspiração proveniente de novas tecnologias, da imaginação em relação ao futuro e da pesquisa sobre possíveis novos objetos e novas tecnologias para os próximos anos.

All Purpose / Gloria Coelho / Speedo
Todos sob influências futuristas

Nenhum comentário:

Postar um comentário